segunda-feira, 14 de setembro de 2009

• Por que constituir e treinar a Brigada de Incêndio? •



• Brigada de Incêndio
É um grupo organizado de pessoas voluntárias ou não, treinadas e capacitadas para atuar na prevenção, abandono de área, combate a princípio de incêndio e incêndio, e prestar os primeiros socorros, dentro de uma área preestabelecida.

Quem deverá constituir Brigada de Incêndio:

Toda empresa legalmente constituída.

Vantagens:

Adequação às legislações;
Proteção do patrimônio;
Prevenir e extinguir incêndios;
Proteger e Salvar vidas.

Legislações que regulamentam o assunto:

NR (Norma Regulamentadora) 23 do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), aprovada pela Portaria 3.214/1978.
IT (Instrução Técnica) 17/2004 do Decreto Estadual Nº 46.076/2001 do Corpo de Bombeiros da Policia Militar do Estado de São Paulo.
NBR (Norma Brasileira de Registro) 14.276/2006 da ABNT (Associação brasileira de Normas Técnicas).

Como constituir a Brigada de Incêndio:
A Brigada de Incêndio deve ser composta levando-se em conta a população fixa da edificação e o percentual de cálculo do anexo “A” da IT 17/2004, que é obtido através do grupo e da divisão de ocupação da planta, conforme a equação a seguir:

Número de brigadistas por pavimento ou compartimento = [população fixa por pavimento] X [% de cálculo do anexo A]
Para os números mínimos de brigadistas, devem-se prever os turnos, a natureza de trabalho e os eventuais afastamentos.

Sempre que o resultado obtido do cálculo do número de brigadistas por pavimento for fracionário, deve-se arredondá-lo.

Exemplo:
Loja
População fixa = 9 pessoas
Nº de brigadistas por pavimento = [população fixa por pavimento] x [% de cálculo da tabela A]
Nº de brigadistas por pavimento = (9 x 40%) = 3,6
Nº de brigadistas por pavimento = 4 pessoas

Sempre que o número de pessoas for superior a 10, o cálculo do número de brigadistas por pavimento deve-se levar em conta o percentual até 10 pessoas.

Exemplo:
Escritório
População fixa = 36 pessoas
Nº de brigadistas por pavimento = [população fixa por pavimento] x [% de cálculo da tabela A]
Nº de brigadistas por pavimento = 10 x 30% + (36 - 10) x 10% = 3 + (26 x 10%) = 3 + 2,6 = 5,6
Nº de brigadistas por pavimento = 6 pessoas

O número de brigadistas só é calculado por grupo de ocupação, se as unidades forem compartimentadas e os riscos forem isolados.

Exemplo: planta com duas edificações, sendo a primeira uma área de escritórios com três pavimentos e 19 pessoas por pavimento e a segunda uma indústria de médio potencial de risco com um pavimento e 116 pessoas:

Edificações com pavimentos compartimentados e riscos isolados, calcula-se o número de brigadistas separadamente por grupo de ocupação:
Exemplo:
Área administrativa
População fixa = 19 pessoas por pavimento (três pavimentos)
Nº de brigadistas por pavimento = [população fixa por pavimento] x [% de cálculo da tabela A]
Nº de brigadistas por pavimento = 10 x 30% + (19-10) x 10% = 3 + 0,9 = 3,9
Nº de brigadistas por pavimento = 4 pessoas

Área industrial
População fixa = 116 pessoas
Nº de brigadistas por pavimento = [população fixa por pavimento] x [% de cálculo da tabela A]
Nº de brigadistas por pavimento = 10 x 50% + (116 - 10) x 7% = 5 + 106 x 7% = 5 + 7,42 = 12,42
Nº de brigadistas por pavimento = 13 pessoas

Nº total de brigadistas (área administrativa + área industrial)
No total de brigadistas = (4 x 3) + 13 = 12 + 13 = 25
No total de brigadistas = 25 pessoas

Edificações sem compartimentação dos pavimentos e sem isolamento dos riscos, calcula-se o número de brigadistas por meio do grupo de ocupação de maior risco:

No caso utiliza-se o grupo da área industrial
Nº de brigadistas por pavimento = [população fixa por pavimento] x [% de cálculo da tabela A]

Área administrativa
População fixa = 19 pessoas por pavimento (três pavimentos)
Nº de brigadistas por pavimento = 10 x 50% + (19-10) x 7% = 5 + 9 x 7% = 5 + 0,63 = 5,63
Nº de brigadistas por pavimento = 6 pessoas

Área Industrial
População fixa = 116 pessoas
Nº de brigadistas por pavimento = 10 x 50% + (116 - 10) x 7% = 5 + 106 x 7% = 5 + 7,42 = 12,42
Nº de brigadistas por pavimento = 13 pessoas

Nº total de brigadistas (área administrativa + área industrial)
No total de brigadistas = (6 x 3) + 13 = 18 + 13 = 31
Nº total de brigadistas = 31 pessoas

A composição da brigada de incêndio deverá levar em conta a participação de pessoas de todos os setores.

Quando em uma planta houver mais de um grupo de ocupação, o número de brigadistas deve ser calculado, levando-se em conta o grupo de ocupação de maior risco.

Em média geral, 10% dos funcionários, deverão fazer parte da Brigada de Incêndio.

Como treinar:

Através de um profissional qualificado ou empresa especializada de sua confiança.
Quando devo constituir e treinar a Brigada de Incêndio:

É necessário para obtenção do AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros da Policia Militar do Estado de São Paulo).
Para obtenção do Alvará de Funcionamento.
É uma exigência das seguradoras.
Obtenção das ISOs.
NOTA:

- IT 17/2004 – ITEN 5.4.2.1 A periodicidade do treinamento deve ser de 12 meses ou quando houver alteração de 50% dos membros da brigada.

- NBR 14276/2006 – ITEN 4.1.4.1 A validade do treinamento completo de cada brigadista é de no máximo 12 meses.


Curiosidades:

Ao constituir e treinar a Brigada de Incêndio, estará cumprindo uma prerrogativa legal, protegendo o seu patrimônio, proporcionando segurança e bem estár aos seus colaboradores, clientes e seus familiares.

Segundo as estatísticas: “o que a Brigada de Incêndio não faz nos primeiros cincos minutos, em um incêndio, o Corpo de Bombeiro leva em média cinco horas para fazer”.

ATENÇÃO! “Se ocorrer um incêndio em sua empresa e não estiver em dia com o treinamento da Brigada de Incêndio, poderá não receber a apólice do seguro”.

Um comentário:

  1. oi estou querendo criar uma brigada na minha cidade o que preciso?

    ResponderExcluir